domingo, 7 de novembro de 2010

See...

Por vezes não é preciso muito mais que isto. Sermos aquilo que queremos, não aquilo que os outros querem. Se é preciso aprender? Claro que é. Mas somos capazes.

1 comentário:

Tamzin disse...

Claro que sim. É a única coisa que faz sentido. *